Como (e porque) criar senhas seguras

Para a segurança de seu blog, e-mail e sistema operacional é fundamental criar senhas seguras.

Primeiro, nunca use a mesma senha para tudo. Uma boa opção é criar uma senha simples para serviços e sites menos seguros e suspeitos.

Já para e-mails, super usuário do sistema operacional e outros acessos mais importantes crie uma senha complexa e com pelo menos oito caracteres. Isto mesmo, oito caracteres. Seis e quatro caracteres já não são aceitos quase em serviço algum e não trazem boa segurança.

Curiosidade: A senha do superusuário (root) do Ubuntu não é habilitada por padrão. Isto quer dizer que você não pode logar diretamente como root. Para isto você precisa, antes, logar como um usuário comum.

Para uma senha segura, mas de possível memorização, crie padrões. Primeiro tenha em mente que ela deve ter: números, letras maiúsculas, letras minúsculas e caracteres especiais (*@#$%!). Uma combinação de tudo isso em uma senha de oito ou mais caracteres lhe dará mais tranquilidade.

Assunto indicado:  Como instalar os sons do ICQ 99 usando o Pidgin no Ubuntu.

Um bom padrão a se seguir é criar uma frase que faça algum sentido pra você e a partir dela, a senha. Por exemplo:

Netbooks são muito práticos.

[email protected]!P8

92%

N(etbooks, são notebooks de 7 a 13 polegadas)

@(um caractere especial pra alegrar)

s(ão)

4(numero de caracteres até aqui +1)

m(uito)

!(exclamação porque é muito mesmo =P )

Assunto indicado:  Convertendo arquivos .FLV do Youtube

P(ráticos)

8(numero de caracteres até aqui +1)

Um outro exemplo de padrão. Inicie e finalize a senha com caracteres especiais, coloque o ano vigente entre eles, seguido de um conjunto de letras que se desdobram em uma frase.

%2009QiaP!

100%

QiaP = Quero ir a Paris

Meu nome é Luciana e este foi meu post de estréia aqui no Ubuntu Dicas. Agora vamos criar novas senhas seguras?